Blog · Ensaio

Me engana que eu quero: fake news e nossa propensão a acreditar em mentiras

Fake news, religiões, traumas e amnésias.

Em As Aventuras de Pi nós acompanhamos toda a narrativa de um homem que perdeu a família durante uma viagem num navio quando ele era jovem.

Ele conta a história de maneira alegórica: os adultos são retratados como os animais do zoológico que estava sendo transferido. O embate entre o menino Pi e o tigre não existiu de fato. Ele adotou essa narrativa pois era um jeito de se lidar de maneira mais confortável com a dor da perda e da violência que ele assistiu. Continue reading “Me engana que eu quero: fake news e nossa propensão a acreditar em mentiras”

Blog · Mídia

Aquele estranho país que tem o The New York Times como deus

Comprei dois livros recentemente: “Escuta Só“, do crítico de música Alex Ross, e “Antifrágil“, do Nassim Nicholas Taleb, com certeza um dos mais geniais pensadores vivos. O primeiro, Alex Ross, trabalhou no The New York Times; o segundo não, mas na capa da edição brasileira do livro é dada a ênfase de que o autor é o mesmo de “A Lógica do Cisne Negro“, que esteve na lista dos mais vendidos do… The New York Times.

Essas duas menções ao jornal norte-americano me relembraram o incrível respaldo que ele tem por estas terras antárticas. É muito comum você ver nas redes sociais alguém emitir opinião sobre determinado assunto – ou querer defender uma bandeira ideológica – e se amparar em algum link, artigo ou mesmo tweet ou post de Facebook de algum jornalista da publicação nova-iorquina.

Citar o NYT ou pensar igual a ele dá imediata aura de superioridade intelectual, sinal de cultura ou simplesmente (e principalmente, no caso de debates de internet) de se estar com a razão. “Veja, aqui está como no The New York Times, então estou certo e você não.” Continue reading “Aquele estranho país que tem o The New York Times como deus”