Blog · Flash · HTML 5 · Tecnologia · Web

Sim, o fim do Flash já tem data marcada. Meus dois centavos sobre o assunto: mitos, verdades e a Web de hoje

Soube recentemente que a Adobe já definiu uma data para o fim definitivo da tecnologia Flash. Ficou para 2020. Mas na prática ele já está morto há alguns anos – no meu ponto de vista, de quem trabalhou com Flash e AS3 por uns anos, ele começou a agonizar a partir de 2012, morrendo de vez lá por meados de 2013.

Quando digo “morrer de vez” quero dizer no sentido de surgimento de projetos novos – sites, games, animações interativas para Web. Em 2012 mesmo eu já me recordo de transpor um site simples em Flash para HTML (antigo e que rodasse no IE8, não HTML5).

Como alguém que trabalhou com a tecnologia e dedicou uns dois ou três anos à ela, a ponto de escrever alguns posts aqui no blog sobre, acho que deveria escrever algo a respeito. E cá estou. Vou dizer o que penso sobre tudo isso, a história do Flash, a imagem errada que se criou em torno dela e o que vem pela frente.

Blog

Quando os blogs eram moda…

Sim, blogs já foram a moda na internet. Antes do advento do Facebook e Twitter, que praticamente monipolizaram a produção de conteúdo, todo mundo que queria manifestar a sua opinião na internet tinha o seu blog – podia ser no WordPress.com ou no Blogger.

Tive meu primeiro blog em maio de 2007. Chamava-se “Bem-bolado” (http://bem-bolado.blogspot.com) e usava a plataforma Blogger.

História

A saga do futebol nos videogames, dos primeiros games nos anos 80 até hoje

De uns 15 anos para cá, com a evolução da tecnologia dos videogames, possibilitando gráficos e processamento mais avançados, é difícil imaginar que os games de futebol um dia já foram assim:

RealSports Soccer (para Atari 2600), de 1983. Gostaria de saber o que eles viram de “Real” nesse jogo. 🙂