Blog · Opinião · Web

A era do ruído

Os tempos da internet trouxeram muita informação. Mas com ela também muito ruído. Fake news, boatos, conteúdos sem relevância inundando nossas timelines… Como se achar no meio de tanta desinformação?

Antigamente eu era um grande fã da Wikipédia. Com o tempo, porém, a medida que voltei a me relacionar com o livros percebi que a Wikipédia quase não me servia mais…

O grande problema da Wikipédia, a meu ver, é a sua falta de curadoria – por parte dos editores e dos autores. Corriqueiramente esbarro com textos enviesados, mas, pior que isso, é a mutilação feita nos textos. Imagine a situação: você capricha num parágrafo num artigo lá, e logo vem outro autor e, no meio dele, insere uma frase contraditória, tirando a linearidade do seu texto. Ruim de ser ler. A quantidade de artigos é enorme, o que requereria uma revisão profissional – o que quase não é feita, pois a “enciclopédia livre” é movida à base de solidariedade.

Só usei a Wikipédia como ilustração para um problema bem maior e mais genérico existente na Web: a prevalência do ruído sobre o sinal.

Blog

Quando os blogs eram moda…

Sim, blogs já foram a moda na internet. Antes do advento do Facebook e Twitter, que praticamente monipolizaram a produção de conteúdo, todo mundo que queria manifestar a sua opinião na internet tinha o seu blog – podia ser no WordPress.com ou no Blogger.

Tive meu primeiro blog em maio de 2007. Chamava-se “Bem-bolado” (http://bem-bolado.blogspot.com) e usava a plataforma Blogger.