Blog · Web

Abandonando as redes sociais…

Quanto tempo você perdeu nas redes sociais?


Há pouco desativei meu Facebook. E não pretendo voltar mais lá. Das que usei, era a última rede em que eu estava; outrora havia excluído Twitter. LinkedIn é só para uso profissional, mesmo. Instagram nunca fui assíduo mesmo e a conta está lá, abandonada; Snapchat e outras, nunca usei.

Perdi muito tempo nesses sites. Pior é que devo ter criado, em torno de mim, uma imagem péssima. Não só eu, mas amigos também. Muitos deles, ainda presos por lá. Obcecados em ter/parecer ter razão. Continue reading “Abandonando as redes sociais…”

Agile · Desenvolvimento · Startups · Trabalho

Abandonando o Agile

Tradução livre de artigo escrito por Aaron Lazar no blog da Packt: https://hub.packtpub.com/abandoning-agile/

AVISO: o conteúdo do artigo não reflete necessariamente a minha opinião.


“Nós somos ‘Agile'”.

Esse é o tipo de frase que eu esperaria de um time de futebol, uma trupe de dançarinos de balé ou talvez de um artista marcial. Toda vez que ouço isso vindo da boca de um profissional de software, eu digo: “Ah cara, de novo não!”. Então aqui estou eu para falar sobre algo que pode tocar um nervo ou dois de um fã de metodologias ágeis. Eu estou falando se você deveria abandonar o Agile de uma vez por todas! Continue reading “Abandonando o Agile”

Blog · Desenvolvimento · Tecnologia · Trabalho · Web

O desenvolvimento Web está morrendo?

Tradução livre de artigo escrito por Richard Gall e publicado em:
https://hub.packtpub.com/is-web-development-dying/


Não é difícil encontrar pessoas perguntando se o desenvolvimento da web está morrendo. Uma pesquisa rápida gera perguntas no Quora, no Reddit e em outros fóruns. “O desenvolvimento web é uma profissão agonizante ou só tem um cheiro engraçado?”, pergunta um usuário do Reddit. Os suspeitos usuais no mundo do conteúdo (Forbes et al) responderam com seus próprios takes e pensam sobre se o desenvolvimento da web está morto. E por que eles, e não eu, por exemplo, nunca perderia a oportunidade de escrever algo com uma manchete estranha e provocativa de cliques. Então, o desenvolvimento web está morrendo ou simplesmente muito mal? Continue reading “O desenvolvimento Web está morrendo?”

Blog · Linux · Unity

Integrando Visual Studio Code com Unity – no Linux

(E diga adeus ao Monodevelop.)


Eu sou um usuário Linux atualmente. E também da game engine Unity, já relatando aqui problemas que tive usando a Monodevelop no Linux.

Porém desencanei. Vi que a integração da Unity com o editor Visual Studio Code tende a ser mais eficiente (e feliz) hoje. Para começar, é bem mais fácil para integrar o debugger.

Muita gente (como eu até pouco tempo) ficava com um pé atrás de usar o VS Code por pensar que ele era apenas editor de código, e não uma IDE. Porém, com um alguns plugins (no caso específico, plugins para Unity e C#) é possível ter uma ótima experiência, com direito a depuração e autocompletion de código. Continue reading “Integrando Visual Studio Code com Unity – no Linux”

Projetos · Tecnologia · Web

CitZilla lançado

Lancei, no último dia 16 de maio, o site CitZilla.

O projeto tem como finalidade agrupar cupons de desconto, promoções e similares, mostrando ele a partir de um mapa baseado na localização do usuário (usando geolocalização).

No momento ele está voltado ao público americano. Então, acessando aqui do Brasil, você não verá de cara promoções por perto. Só acessando por cidades, no rodapé da página.

Ainda está em versão beta, como se vê no logo. Confesso que não caprichei muito em aspectos visuais ainda, pois o lado backend do projeto me tomou enorme tempo – mais precisamente cerca de 5 meses (!). Continue reading “CitZilla lançado”

Blog · Games

Fliperamas

Recentemente baixei uns emuladores e ROMs de jogos antigos. Faço isso de maneira bissexta, muito raramente. Mas é muito bom reviver esses tempos antigos. Games em fliperamas… Quem viveu os anos 90, sabe.

Baixei um emulador de Super Nintendo, como sempre faço, e de fliperamas – geralmente CPS1 & CPS2.

Na época em que conheci não era nem em Real que a gente pagava. Eram cruzeiros, ou cruzados, cruzados novos, sei lá. Continue reading “Fliperamas”

Blog · Brasil

Escravidão voluntária

Boa parte do subdesenvolvimento do Brasil advém da falta de capacidade do brasileiro de vislumbrar alternativas fora do Estado.

Quando o assunto gira em torno do fato do Brasil ser ferrado, vira e mexe alguém já dá a cartada: “ah, o Brasil é atrasado porque nossos políticos são ladrões”. Ou quando ocorre algum problema (ex.: desemprego) a “solução” apresentada é sempre algo do tipo: “ah, o governo tem que fazer alguma coisa”. Continue reading “Escravidão voluntária”