Blog · Dicas & Tutoriais · Linux · Windows

Executando o Windows dentro do Linux, em 3 passos e usando VirtualBox

VirtualBox executando Windows no Linux

Cansado de vírus, updates problemáticos, licenças caras, entre outros, você chutou o Windows em favor do Linux. No entanto, você precisa declarar o seu imposto de renda, e para rodar os programas da Receita se torna um batalha: nada instala direito, Java dá problema…

Ou então você lembrou que tinha um programa específico para fazer determinada coisa, mas ele só tem para Windows. Ferrou.

Nestas situações, usuários Linux que não tem um conhecimento muito avançado no sistema tendem logo a desistir e voltar para o velho Windows. Mal sabem que podem virtualizar o sistema da Microsoft no Linux, como se estivessem rodando, um dentro do outro. O Windows roda como um outro programa qualquer. Sem precisar de partições, instalar novo sistema, nada.

Esse post pretende ajudar a usuários não tão avançados do Linux a rodar uma versão do Windows, de maneira gratuita, sem incorrer em crime de pirataria, sem cracks, nem nada.

1) Instalando o VirtualBox

O programa que usaremos para rodar o Windows dentro do Linux chama-se VirtualBox.

A maneira mais fácil e simples de se fazer isso é baixando-se o pacote para a sua distro Linux.

Se você prefere usar a linha de comando, veja como instalar via este post.

Screenshot do VirtualBox no Linux Mint 19.

2) Obtendo máquinas virtuais do Windows

Por máquina virtual entende-se como uma emulação, uma máquina (guest, ou convidado) rodando a partir de outra máquina (host).

A própria Microsoft disponibiliza imagens de sistemas operacionais para desenvolvedores que precisam fazer testes em versões anteriores do Windows – mais especificamente testes de sites em navegadores antigos como o Internet Explorer. Como são apenas para testes elas têm validade de 30 dias.

LEIA TAMBÉM  Brushes para Photoshop: como usar e onde encontrar

(importante lembrar: para rodar máquinas virtuais é recomendável ter, ao menos, 4GB de RAM, a fim de obter uma boa experiência)

O site modern.ie oferece essas imagens para download. Neste link, basta selecionar a versão do Windows desejada em “Virtual Machine” e a opção VirtualBox em “Select platform”. Daí, clique em Download .ZIP.

Site para download da máquina virtual com Windows.

Dependendo da velocidade da sua internet o download poderá demorar.

3) Executando a máquina virtual

Com o arquivo Zip baixado, basta descompactar e executar o arquivo .OVA (executar dando duplo clique mesmo).

O VirtualBox será aberto e aparecerá uma caixa de diálogo, perguntando o que fazer. Selecione “Importar”. Daí começará um processo de importação que levará pouco tempo:

Importando a máquina virtual.

Finalizado o processo, basta selecionar a máquina virtual desejada na lista lateral esquerda. Dê duplo clique nela ou clique no botão “Iniciar”, no topo, em verde.

Pronto! Dentro de uma janela será iniciado o Windows desejado que você acabou de baixar.

Para fechar a máquina virtual basta clicar no botão de fechar, como se fosse fechar um programa qualquer, e escolher uma das opções desejadas. Ou desligar na opção do próprio Windows, como se faz normalmente.


Curtiu? Então aperte o botão:
Tagged: