Blog · PHP · Software · Tecnologia · Web

Por que você deveria dar uma chance ao framework Phalcon

Sou desenvolvedor PHP já há alguns anos. Vou falar aqui de frameworks PHP.

No mercado brasileiro se destacam alguns: Laravel, Symfony, Yii… todos muito bons. Mas neste post gostaria de chamar a atenção para um framework que venho usando a um tempo e que também é, a meu ver, muito depreciado por estas terras e merecia mais atenção: Phalcon.

Meu intento aqui é apresentar, de maneira breve, alguns pontos interessantes dele.

Blog · Software · Web · Wordpress

A2 Hosting: não recomendo!

Desde 10 de outubro do ano passado o meu site pessoal (este aqui mesmo) foi está rodando em um novo serviço de hospedagem, na A2 Hosting.

Fazia mais de três anos que estava hospedado na BrasilWebHosting, nos EUA. Custava-me em torno de R$ 180/ano, devido ao fato de ter desconto (por ser cliente antigo ou coisa assim).

Porém, estava insatisfeito com a lentidão do meu WordPress. Mesmo com cache e otimizações eu ainda não estava contente com a performance. Então comecei a buscar informações de empresas de hospedagem adequadas ao WP e que tivessem bons preços.

Blog · Desenvolvimento · Software · Unity

Unity3D no Linux | Sim, é possível – mas com ressalvas. Uma breve análise

Há cerca de um mês voltei a usar o Linux Mint, deixando o Windows 10 de lado, depois de um longo tempo. Fui instalando vários programas e atualizações. Como no Windows eu estava usando o Unity3D, eu tinha que voltar ao Windows toda hora para poder usá-lo. Sem nem me tocar que a Unity havia lançado uma versão (beta) da sua engine para distros Linux.

Eterno curioso, baixei a versão para Linux. E comecei a experimentar. E não é que dá para trabalhar nele?

Projetos · Software · Web

Atualização do Post4Fun! – logotipo e patterns

Atualizei o Post4Fun!, com novo logo e identidade visual. Foram criadas páginas no Facebook e Twitter, também.

O Post4Fun! é um projetinho simples que lancei em meados de janeiro último. É uma ferramenta para criação de textos em imagens, de maneira simples e direta. Para saber mais, explico neste post.

O logotipo novo (substituindo o anterior horroroso, feito às pressas) foi criado no Blender. Eu renderizei em estilo “isométrico” (ortográfico) e meio cartoon, acentuando os edges. E texturizei no Blender também, pintando via Texture Painting. Foi ótimo, principalmente para se tirar a ferrugem. Nem lembrava mais como usar o esquema de pintura no Blender! Felizmente um vídeo no YouTube ajudou.

Depois dei acabamento usando o Inkscape: Efeito de glow básico: duplicando o ícone 3D, jogando ele atrás e lançando mão da opacidade e desfoque. E, também, uso de tipografia descrevendo o nome do site. No Inkscape criei as imagens de perfil e capa do Facebook e Twitter. Tudo em ambiente Linux. Quem me conhece aqui pelo blog sabe que sou fã destes softwares há um bom tempo.

Blog · Dicas & Tutoriais · Software · Tecnologia

Onde encontrar modelos 3D para download grátis

Seja para um projeto de games, para maquete virtual ou simplesmente prototipar, pode ser útil recorrer a sites de modelos 3D. Os melhores, lógico, são pagos: entre os que acho mais interessantes poderia citar o CGTrader.

Mas nem sempre o problema em questão demanda objetos 3D de alta qualidade – e, diga-se de passagem, caríssimos.

Aqui no artigo vou resenhar a respeito de algumas lojas que já usei. Espero que seja útil:

Dicas & Tutoriais · Software · Tecnologia · Web

E-mail grátis com domínio próprio: usando Zoho Mail

Existem ocasiões em que você pode lançar mão de uma hospedagem grátis e apontar um domínio próprio para ela. No entanto, a hospedagem de site é uma coisa; ter contas de e-mails com o mesmo domínio (ex.: fulano@dominioproprio.com) é outra.

Os mais antigos lembrarão que a Microsoft, via Hotmail, oferecia esse recurso gratuitamente. Porém ela desativou isso por volta de 2014. A opção seria pagar por um serviço de e-mails para tal recurso, e aí a melhor opção seria usar o G Suite da Google. Porém, criar e-mails com domínio próprio ainda é possível usando o serviço da Zoho Mail.

A Zoho Corporation é uma startup de matriz indiana, cujo produto principal é o Zoho Office – uma alternativa ao Office 365 e ao G Suite.

Dicas & Tutoriais · Linux · Software

Turbinando seu Ubuntu Linux: dicas de como melhorar sua experiência com o sistema

Este post vai parecer um tanto contraditório. Mas a verdade é que, devido a um problema recente no meu Windows 10 que estava resultando em superaquecimento (a temperatura da minha CPU passava dos 70º C sem eu fazer nada…) e a consequente reinicialização da máquina, eu tive que dar um tempo e voltar a usar o Linux Mint que já havia no PC.

No entanto, passado tanto tempo usando só Windows eu fiquei incomodado com algumas diferenças. A oferta de programas deixa a desejar, o aspecto gráfico não é tão bom, etc. etc…

Daí dediquei algum tempo tentando melhorar minha experiência no sistema do pinguim nesses pontos. Vou listar aqui alguns links que considero úteis e dicas. Alguns artigos em inglês, outros em português. Os artigos focam a família Debian / Ubuntu / Mint, que são os sistemas mais usados em desktop (e a usada atualmente por este escriba, inclusive). A seguir:

Projetos · Software · Trabalho

Revisão de expectativas

Como expliquei no post anterior, nos últimos dois meses estive empenhado em criar um CMS próprio. Ele seria usado para conter cupons de desconto de lojas de vestuário. A forma de monetização dele seria conter “deep links”, no estilo marketing de afiliados.

Depois de dois meses cheguei a conclusão que fui longe demais. Por que fazer um CMS próprio? Bem, eu usaria tecnologias novas que me pouparia custos. Mas como assim, investir em um modelo de negócios que nem foi testado por mim antes? Não estaria colocando a carroça na frente dos bois?

Sim, estaria. A bem da verdade é que comecei a estudar as tais tecnologias novas e, empolgado, “engatei uma quinta” e fui embora, desembestado. Esqueci as ideias e análises no livro “Traction” (ver no fim do post) que havia lido antes: começar pequeno e ir testando. Metade do tempo, sim, desenvolver produto, e outra metade na “tração” (ou seja, trabalhar para o negócio vingar).

Na virada do ano ocorreu-me o “estalo”. Caramba, o pêndulo foi longe demais. Eu estou desenvolvendo software pura e simplesmente sem entrar em jogo. E ainda não havia terminado, embora estivesse uns 40% pronto.

Blog · Dicas & Tutoriais · Software

Avast Cleanup Premium: minhas primeiras impressões

Sou cliente da Avast, usando o antivírus Avast Internet Security há mais de quatro anos. Minha opinião usando o antivírus ao longo desse tempo é de que, mesmo ele não sendo considerado a melhor solução antivírus do mercado, entendo que tenho ótimo custo/benefício com a solução: nunca tive problemas graves de segurança usando Windows – do Win7 ao Win10 de hoje.

Hoje recebi um e-mail da Avast me sugerindo experimentar o seu mais novo lançamento, o Avast Cleanup Premium, seu utilitário para limpeza de PC e melhoria de desempenho. A sugestão vem a calhar: como usuário de longa data do CCleaner, soube recentemente dos gravíssimos problemas de segurança envolvendo o software. Daí minha predisposição a experimentá-lo.

Dicas & Tutoriais · Software

Tinkercad – enfim um programa 3D fácil de usar

Quem já experimentou softwares 3D – seja o AutoCAD, mais voltado à engenharia, seja o Maya, 3D Studio ou até mesmo o meu velho conhecido Blender3D – sabe que, para conseguir fazer até as mais simples formas trabalhadas, é um trabalho complicado. Se não é o ambiente inóspito de um AutoCAD ou a insanidade de atalhos do Blender, aprender um programa de 3D/CAD pedia muito tempo e paciência.

Ou era necessário, até inventarem o Tinkercad! 😀

Dicas & Tutoriais · Software

Cobian Backup, bom programa de backup para Windows e fácil de usar

A post “dica de software” desta vez vai para um voltado para realização de cópias de segurança: Cobian Backup. O programa, grátis, tem cerca de 18,80 MB de tamanho e roda em Windows (ainda não experimentei rodar “emulado” no Linux).

Dicas & Tutoriais · Software

Testando seu site para mobile no Windows com Electric Mobile Studio 2012

Para quem desejaria testar os recursos de um navegador mobile sem precisar de um dispositivo (iPhone e iPad), mas sim diretamente do PC, fica aqui a dica do Electric Mobile Studio 2012.

Eu tenho o Electric Mobile Simulator Professional, que é o antecessor deste Studio (que ainda não experimentei). Nele é possível simular muitas características desses dispositivos, como eventos touch start e endgeolocalização (simulação de GPS), HTML5 local storage, SQL e IndexedDB, além de integração com Visual Studio e debug de Javascript (no caso da versão Studio, não a Simulator).

Eu sempre o uso para testar layouts e eventos, e me satisfez bastante. Recomendo, até pelo bom preço que paguei na licença.

Você pode comprar através do site, disponível apenas para Windows.

Dicas & Tutoriais · Game design · Software

Usando o Inkscape como Level Editor

No post sobre o meu projeto de jogo atual eu mencionei que iria deixar de lado o Level Editor in-game para usar uma forma mais ágil de criar as fases do jogo. A solução então que já tinha na cabeça foi a de adotar o Inkscape para isso.

Não poderia ter sido mais feliz. Com o Inkscape, além de tornar a edição dos níveis mais robusta, fácil e agradável, o esquema da programação se tornou extremamente simples, ao contrário do complicado e limitado (em boa parte pelo tamanho da janela do game em Flash) editor in-game.

Software

Scribus – impressões a respeito do programa de editoração opensource

Depois de uma postagem dedicada ao Gimp, vou descrever as impressões que tive a respeito de outro software código aberto, porém voltado a editoração eletrônica de documentos e bem menos popular: o Scribus.

Logo Scribus

Podemos dizer que o Scribus é um equivalente gratuito de programas como Adobe Indesign. Experimentei ele hoje, montando uma apostila de algumas páginas, usando fotos e texto. Tudo muito simples.

De início, me pareceu muito simples. Apesar de me bater com vários menus e janelas, para conseguir encontrar os recursos para formatações de imagens e textos, por exemplo, consegui me entender com o negócio. Ele se entende com vários formatos, incluindo SVG, Photoshop, EPS e HTML, e exporta arquivos em PDF, entre outros.

No entanto, percebi alguns bugs. Numa ocasião, o programa fechou sozinho devido a um erro no sistema. Em outra, a janela para seleção de imagem empacava. Mas enfim, nada que destrua a reputação do programa. Afinal, o Corel Draw, muito mais conceituado e pago, também tem seus problemas, como satirizado no funk abaixo, que rodou no Twitter semana passada:

Software

Gimp – impressões sobre o editor de imagens n.º 1 do Linux

Andei experimentando o Gimp 2.6 no Ubuntu Linux. Sou bem “noob” nos dois quesitos. Minha praia, afinal, é Photoshop no Windows (e olhe lá…). Mas, como sou entusiasta de software livre – uma das minhas esquisitices -, não resisti em testar.

Aí segue algumas opiniões a respeito do negócio, enquanto tentava bolar um desenho nele (notas de 1 até 3):

  • Interface: é razoavelmente diferente da do Photoshop. As abas ficam um tanto encavaladas no ambiente. Para isso existe o Gimpshop, que oferece um Gimp com cara de Photoshop. No entanto, não consegui rodá-lo no Ubuntu. Enfim, é uma questão de se acostumar. 
  • Ferramentas: senti falta das ferramentas de desenho do PS. Para desenhar um retângulo precisei usar ferramentas de seleção (é assim?!). Também tive dificuldade para lidar com gradientes. 
  • Partes separadas: um plugin de efeito travou. O Ubuntu ofereceu duas alternativas: ou forçar sair (fechar com tudo a janela do plugin) ou esperar o processamento. Ao forçar a saída não perdi o trabalho: apenas a parte referente ao plugin fechou.
  • Filtros / Efeitos: grande quantidade e são muito bons. Ainda não experimentei nem 50%, mas pelo visto supera os do PS.
  • Sistema: muito leve. Dispensa uma super-máquina. No entanto alguns plugins demandam um processamento grande.

Há outras característas boas e outras ruins, ao meu ver. Porém, “malhar” o programa demais é injustiço, visto que se trata de um opensource de uso gratuito. Acredito que se trata de uma boa solução para o caso de alternativas aos programas proprietários.