3D · Blender · Dicas & Tutoriais

Fazendo parafusos e porcas no Blender | Fácil e Rápido

Uma dica rápida e bem útil aqui, de um recurso do Blender que eu não conhecia.

Há um add-on, que já vem embutido com o Blender (porém desativado) chamado BoltFactory.

Com ele, é muito fácil fazer e modelar porcas e parafusos, evitando toda a complicação que é usar o Modifier Screw do Blender. Continue reading “Fazendo parafusos e porcas no Blender | Fácil e Rápido”

Desenvolvimento · Dicas & Tutoriais

Desenvolvendo em linguagem C no Linux com Visual Studio Code – fácil e rápido

Recentemente voltei a estudar a linguagem C com o intuito de melhorar minha relação com o Arduino (que usa C).

No entanto, como uso Linux Mint, não tenho à mão as mesmas IDEs que estão disponíveis no Windows. E também não queria recorrer à uma das ótimas IDEs pagas/trials, como a CLion, uma vez que minha finalidade era apenas para estudos – nada pesado. Então experimentei usar o Visual Studio Code.

Aqui explico como preparar o Code para essa finalidade, de um jeito prático e rápido. Estou enfocando aqui em distros baseadas no Debian (Ubuntu, Mint, etc). Para outras distros o diferencial será a instalação de dependências (uma vez que o apt está disponível em distros baseadas no Debian). Continue reading “Desenvolvendo em linguagem C no Linux com Visual Studio Code – fácil e rápido”

3D · Aplicativos · Dicas & Tutoriais · Linux

Visualizando arquivos 3D no Linux com MadView3D

O Windows 10 já vem nativamente com o Visualizador 3D (3D Viewer), o que permite que, com um duplo-clique, consigamos ver um arquivo de objeto 3D, como OBJ ou STL.

Versões Linux como Ubuntu ou Mint infelizmente não vêm com tal recurso nativo. Era preciso lançar mão de um sofware CAD completo como o Blender e fazer a importação. Ou usar o MeshLab e similares, o que não é muito apropriado para isso.

Entretanto, no início de 2018 um desenvolvedor começou um projeto para preencher essa lacuna. O software chama-se MadView3D. Continue reading “Visualizando arquivos 3D no Linux com MadView3D”

Blog · Dicas & Tutoriais · Linux

Como abrir o navegador Opera no Linux Mint sempre maximizado

Opera, também conhecido como o melhor navegador que ninguém usa, também tem uma versão para Linux. No entanto, quem tenta usar o browser num sistema como o Linux Mint ou Ubuntu logo se depara que ele não salva o tamanho da janela como da última vez em que foi utilizado, sempre abrindo na mesmo tamanho pequeno default.

Eu, pessoalmente, prefiro ele sempre maximizado. E acredito que 99% do público também. Nesse simples tutorial explico como obter a janela do Opera sempre maximizada ao se iniciar ele:

Continue reading “Como abrir o navegador Opera no Linux Mint sempre maximizado”

Blog · História · Opinião

Caçando Moby Dick

Sobre obsessões por coisas que já não têm mais importância.


No romance Moby Dick é contada a história de fúria vingativa do Capitão Ahab, que se lança aos mares em busca da baleia Moby Dick. Em nome do próprio ego, vai atrás de um animal já indiferente a sua existência.

Essa história é analisada muitas vezes sobre o viés de como a natureza pode ser cruel – e ela o é, apesar da visão edênica que muitas vezes temos dela. No entanto, o tópico principal é a visão de como a ambição humana pode ir longe, chegando às raias da loucura.

Como lembrado pelo escritor Ryan Holiday em O Ego é o seu Inimigosaímos à caça de uma Moby Dick por razões já esquecidas.

Não seria mais fácil esquecer, se reinventar? Como o conselho dado por um fictício Larry Summers aos irmãos Winklevoss, depois da rasteira dada por Mark Zuckerberg: “Esqueçam isso. Partam para outra. Façam novos projetos”. Afinal, águas passadas não movem moinhos… Continue reading “Caçando Moby Dick”

Ensaio · Negócios · Opinião · Trabalho · Vida

Nassim Nicholas Taleb: Um funcionário é basicamente um “cão obediente e domesticado”

Tradução livre de artigo publicado na página do autor no LinkedIn. Também é um trecho do seu mais novo livro. Como leitor e fã dos livros de Taleb resolvi publicar essa versão em português. É um texto provocador, para refletir.

Só um adendo para não-conhecedores do autor: “pele em jogo”, largamente usada no artigo abaixo, é uma expressão que poderia ser traduzida como fazer coisas colocando o “seu” na reta, numa adaptação abrasileirada desse termo.


“Toda organização quer que um certo número de pessoas associadas a ela sejam privadas de certa parcela de sua liberdade. Como você possui essas pessoas? Primeiro, por condicionamento e manipulação psicológica; segundo, ajustando-os para ter alguma ‘pele em jogo’, forçando-os a ter algo significativo a perder se desobedecerem à autoridade. Na máfia as coisas são simples: homens mandados (ou seja, comandados) podem ser mortos se o capo suspeitar de falta de lealdade, com uma estadia transitória no porta-malas de um carro – e uma presença garantida do chefe em seus funerais. Para outras profissões, a ‘pele em jogo’ vem em formas mais sutis. Continue reading “Nassim Nicholas Taleb: Um funcionário é basicamente um “cão obediente e domesticado””