Apesar do que parece, este post não é sobre tecnologias Web.

Na última semana vimos uma enxurrada de notícias e comentários (uns relevantes, outros sem total embasamento) sobre do anúncio da Adobe em por fim ao desenvolvimento do plugin Flash para dispositivos móveis (apenas dispositivos móveis, e não no geral). Realmente, acredito que a Adobe foi sensata na decisão e deva ter seus motivos para isso. Enfim, não vou falar mais acerca disso pois há muitos posts bons que tratam sobre o futuro da plataforma – recomendo este do ASDevs, que é imparcial realista sobre este assunto.

No entanto, quero me ater nesta postagem sobre o hype em torno do HTML5. De uma hora para outra começou a se anunciar que o futuro seria esse padrão aberto, e o Flash, de repente, virou uma coisa imprestável, um lixo, “lento”, “pesado”, uma tecnologia paga (é possível desenvolver usando Flex SDK sem precisar pagar pedágio para Adobe, mas enfim…), entre outras. O Flash virou um novo IE: algo que deveria ser combatido e eliminado, para dar lugar ao futuro maravilhoso e aberto proporcionado pelo HTML5…

Pois bem. É lamentável que muitas críticas, muitas vezes infundadas, tenham ganho espaço. Mas o que se é de lamentar mesmo é que muitos só tenham se prestado a criticar a tecnologia de maneira oportunista, apenas querendo se aproveitar do momento. Cursos, livros e eventos em torno do HTML5 começaram a surgir do nada tratando o padrão como salvação para tudo, em que se pode usar ele em sua plenitude substituindo o Flash (inclusive no IE 8, né?…). Para entender como essa visão é equivocada recomendo este post do blog Mochila Binária.

Não há dúvida de que o HTML5 veio para ficar, mas o que não se pode dizer é que ele está pronto em definitivo para substituir o Flash, como muitos dizem por aí. Só fico chateado de que muitos prefiram especular e acabem difundindo informações errôneas sobre o assunto, fazendo com que muitos que não são da área de Web acabem mal informados, como usuários comuns e pessoas que desejam ter um site – aliás, o que já vem ocorrendo.