O fim dos “games bobos”?

Costumo ser visitante habitual de sites de games casuais, em especial do ArmorGames (famoso e meu favorito, e que, na minha opinião, tem os melhores jogos), do Kongregate e Miniclip (mais conhecidos). Não necessariamente para jogar – aliás, isso é o que menos estou fazendo por falta de tempo, o que não é desculpa, pois para alguém que deseja viver do desenvolvimento de games e leva isso à sério precisa experimentar e conhecer novos gêneros, experiências e outros. Continue lendo “O fim dos “games bobos”?”

Sobre o “Pollus”, um jogo de ação casual que estou desenvolvendo

Bem, na realidade gostaria de falar sobre o projeto que estou tocando, o jogo de codinome “Pollus”.

Sobre o nome: na realidade esse nome bobo provavelmente será o definitivo, pelo fato de querer um nome que não significasse outra coisa (ou seja, fosse único) e de fácil pronúncia e lembrança por aí. Sei lá, talvez dê na cabeça de lançar uma enquete ou mudar geral, mas vou deixar isso por último…

Enfim, sem delongas, o jogo será casual (ou seja, não será um game AAA suuuuper ferrado de 3D e IA, mas sim daquele gênero de games simplificados e divertidos seguido por equipes pequenas indie, como é o meu caso). Inicialmente será lançado na Web usando a plataforma Flash, e posteriormente para PC e, se não for dispendioso demais, lançá-lo para mobile (iOS e Android). Vou buscar patrocinadores através de portais ou do FGL (mais viável), mas se não rolar irei de Google AdSense (for Games) ou MochiMedia mesmo. Continue lendo “Sobre o “Pollus”, um jogo de ação casual que estou desenvolvendo”

Dois meses sem postagens e esclarecimento definitivo

Olhando aqui no arquivo vejo que o último post foi há mais de dois meses.

De fato, não tenho mais vontade de blogar. Lendo posts antigos vi que escrevi muita besteira coisa, principalmente sobre programação (e pelo lado positivo vejo que evolui muito para poder reconhecer isso, embora falte evoluir bastante, diga-se). Mantenho o blog mais em respeito pelo pessoal que aparece por aqui, na maioria das vezes vinda pelo Google atrás de dicas e links. Vontade de emitir opiniões? Nenhuma também. A audiência é pequena e também não tenho interesse em expandi-la.

O trabalho ao qual venho me dedicando, que é o game Ace of Sabers, a ideia da Neoludo, além de estudos e freelas afins me tomam o tempo que fico ao computador (quando me sobra tempo fico fora da máquina, o que é difícil 🙁 ).

Se no trabalho estou a 300 Km/h com dedicação total, [comentarista de futebol] com disciplina tática e aplicação na marcação [/comentarista de futebol], nos estudos confesso que ando meio preguiçoso, coisa que nunca fui. Mas acho que é apenas uma fase em que é preciso priorizar uma coisa e diminuir um pouco a carga em outra.

Por hora, é isso.

Novo site: Neoludo

Bem, continuando os textos falando sobre os novos planos, segue aí o link do site onde pretendo hospedar meus games: http://neoludo.net/

Nele já tem um exposto: o BluZone, um jogo de tiro (shooting) que combina um pouco de puzzle e memória (!). Está em fase de avaliação na MochiMedia e pretendo hospedar em sites maiores de games, como o Newgrounds, entre outros.

É o meu primeiro jogo, teve um propósito de estudo também, por isso, e pretendo fazer melhores e mais elaborados, claro.

Abraços! 😀

PS: e a página no Facebook é www.facebook.com/neoludo.web