Você sabe porque toda vez que você buscar por um determinado termo genérico (ex.: “futebol” ou “Brasil”) um dos primeiros resultados a aparecer é o site da Wikipédia? Link Building!

Isso acontece devido ao fato da Wikipédia ser muito referenciada por outros sites (ou seja, um link para a Wikipédia estar contido em inúmeros sites.) Assim, para o Google a Wikipédia se torna uma boa referência em conteúdo. Temos aí um case de sucesso em link building.

Espalhar links do seu site em outros sites (seja em redes sociais como o reddit e Medium como em blogs de terceiros relacionados ao assunto do seu site) é um bom jeito de informar ao Google que o seu site tem relevância. Funciona assim: quando o Google for “varrer” esses sites ele vai esbarrar com o seu link; assim, essa informação faz com que o seu site “ganhe pontos” (reputação) como fornecedor de conteúdo. É por isso que a Wikipédia, tão largamente citada ao redor do mundo, está sempre nas primeiras posições das buscas.

É verdade que nem tudo são flores: esse tipo de estratégia dá mais trabalho do que usar plugins que te ajudem nesse trabalho (como o Yoast SEO para WordPress.) No entanto, esse trabalho, de longe, dá o melhore retorno.

Como fazer link building: algumas ideias simples

A seguir, listo, de maneira breve, três meios práticos de fazer link building:

  1. Faça na mão: contate blogueiros, distribua seu link

    Uma possibilidade é você entrar em contato diretamente com blogueiros que tenham conteúdos relacionados ao do seu site/blog e pedir para que eles referenciem seu site (numa seção de sites parceiros, links relacionados) ou então postando comentários e citando seu site. Isso será lido pelos mecanismos de busca, o que faz você ganhar relevância. É o jeito barato de se fazer esse tipo de estratégia.Outra maneira é distribuir seu link em sites como o reddit ou Medium. Sites de produção de conteúdo colaborativo, enfim.

    Ter um perfil no Twitter atualizado também é uma boa sugestão. Listo esse método em primeiro lugar por ele ser o jeito mais “puro” de se fazer link building do seu site, sem trapaças, o que é o mais valorizado pelo Google.

  2. Compra de publicidade – social ads, banner ads e links patrocinados

    Se você tiver disposição (e dinheiro) para investir em propaganda, por que não? Comprar publicidade em sites como Facebook é um recurso válido, que pode trazer ótimos resultados com um baixo investimento.Comprar banners também é uma boa idéia. Se você tem um blog voltado à tecnologia, por exemplo, por que não patrocinar um banner no Vida de Programador?

    Há também voltadas para essa finalidade, como a BuySellAds – que é americana: infelizmente não temos uma rede para essa.Links patrocinados também são válidos. Google AdWords é um recurso um bocado caro que nem todos podem investir – mas existem buscadores com um bom market share que oferecem serviços baratos, como o Bing Ads, voltados para o Bing e o Yahoo!.

  3. Redes de distribuição de conteúdo

    Link building - Seção de conteúdo relacionado em destaque - Fonte: https://goo.gl/Yd78YS

    Seção de conteúdo relacionado em destaque – Fonte: https://goo.gl/Yd78YS

    Outro macete é lançar mão de plataformas de distribuição de conteúdo. Sabe aquelas seções na parte de baixo em matérias de sites de notícias, sugerindo conteúdo, com meia dúzia de links com imagens? É isso.

    Felizmente temos redes já existentes no Brasil, como o Taboola e o OutBrain. Isso aumenta a divulgação do seu site, fomentando o link building. Com essas redes sociais você pode tanto usar como uma ferramenta para distribuir seu conteúdo como monetizar, usando ele no seu site. Muito legal e vale a pena conferir preços.