Gráficos SVG no Internet Explorer usando uma biblioteca JavaScript

É conhecida a limitação do Internet Explorer no que diz respeito a padrões Web. Uma das mais conhecidas é sobre o suporte à exibição de gráficos vetoriais SVG. No entanto, existe uma biblioteca Javascript chamada svgweb que procura cobrir essa limitação.

Linkando a biblioteca a um arquivo ela substituirá a parte em SVG (que é suportada pelos outros navegadores populares, como Firefox, Chrome e Opera) por um arquivo em Flash, que irá exibir praticamente a mesma coisa. Em outras palavras: se a biblioteca reconhecer que o navegador suporta SVG, ela não fará nada, apenas deixa o SVG ser exibido normalmente; se ele perceber que é o IE 8 e anteriores (que não suportam SVG) que o usuário está usando ele irá substituir por um arquivo em Flash que exibirá o arquivo SVG, com todos as suas configurações, como animação e interatividade.

Testei alguns exemplos e achei bem interessante. Ainda não testei na minha máquina, e sim apenas os exemplos fornecidos no site do projeto, e cumpriu bem a tarefa.

Trata-se de uma solução interessante. O iPad, por exemplo, suporta SVG, mas não animações em Flash; já o IE é o contrário. Usando essa biblioteca podemos programar apenas uma vez (SVG com JavaScript) e rodar em qualquer navegador.

Fica a dica. 😉

Be Sociable, Share!

5 pensamentos em “Gráficos SVG no Internet Explorer usando uma biblioteca JavaScript”

    1. Olá Lucas, vou confessar que faz muito tempo que não experimento esse recurso, até pelo fato do IE9 já vir com suporte bem adequado ao HTML 5, então meio que esse projeto ficou “obsoleto”.

  1. Cara, gostei demais, sinto desejo de boicotar tudo da microsoft.

    Ela é muito sebosa, e se baseia só no fato de mais da metade do mundo usar IE. E, na maioria dos casos, os usuários do Internet Explorer são aqueles que usam o computador para fins pessoais não binários, por assim dizer, e não se importam muito com as coisas da informática.

    Não tenho nada contra a Microsoft intentar a produção bens de consumo, em detrimento de sistemas operacionais por excelência, embora não goste disso; a questão é que todos os seus produtos me causam um sentimento de enganação, como se dissessem: “sou do bom”; e na verdade isso fosse só fachada; e depois eles sanassem as deficiências para dizerem que progrediram.

    E, fala sério! Com a grana que a empresas de anti-vírus estão gastando, quem quereria criar sistemas mais imunes? Só se os códigos fossem abertos, então criariam não só sistemas de segurança, mas também sistemas de arquivos pensados para segurança. A GNU fez isso, o que não a impediu de melhorar a segurança foi o fato deles obterem receita de outras fontes!

    Então, de acordo com isso tudo, eu digo que é uma posição tão pessoal quanto egóica da minha parte. Logo, não espero mudar a opinião de ninguém.

    Desculpe. Foi só um desabafo….
    Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.