Google Chrome com extensões

Ícone - Google Chrome
Ícone do navegador Google Chrome (fonte: Blogs - Diário de Pernambuco)

Não são só os navegadores Mozilla Firefox e o Opera que suportam complementos (ou extensões, ou ainda “plugins”). O Google Chrome passou a suportar complementos com a versão 4. É a versão 4 que suporta extensões (as outras, não).

Muitos complementos ainda não têm a diversidade nem a qualidade das extensões disponíveis para Firefox. Mas nem por isso é possível deixar de experimentar as extensões do Chrome, bem mais leves (assim como o próprio navegador) do que a de seus concorrentes.

O Google Chrome é um navegador opensource rápido, leve, que respeita bem os padrões Web (assim como já dá bom suporte para a nova versão da HTML), suporta temas e trava muito pouco. Apesar de pouca gente saber, também tem campo de busca: basta digitar um site acessado anteriormente (Wikipédia, por exemplo) e apertar “Tab” que ele fará uma busca como se estivesse usando o formulário de busca do site. Para manejar os mecanismos, clique com o botão direito do mouse na barra de endereços e clique em “Editar mecanismos de pesquisa…”.

Abaixo, indicarei umas extensões que testei nestes últimos tempos. Há várias, mas estas são as que conheço relativamente bem:

  • SmoothScroll – deixa a rolagem das barras do navegador suaves (semelhante à rolagem do Opera). Funciona bem.
  • BubbleTranslate – tradutor de textos que usa o Google Tradutor. Basta selecionar o texto (segurando a tecla Control) da página e ele põe um balãozinho em separado por cima da seleção, exibindo a tradução. Muito legal, recomendo.
  • Chromed Bird – cliente Twitter, muito semelhante ao Echofon (do Firefox). Compacta URLs, suporta listas, botões Retweet tradicional e novo, entre outros. É meio chato para logar de vez em quando, mas é ótimo mesmo assim.
  • Delicious Tools – extensão para gerenciar seus favoritos do Del.icio.us. Funciona muito bem. Não é tão bacana quanto o seu equivalente do Firefox, mas mesmo assim é tão prático e fácil quanto.
  • Firebug Lite – não chega aos pés do Firebug do Firefox. Para quem trampa com web design, segue aqui a dica que existe extensões para esse tipo de coisa. Recomendo também uma olhada no Web Developer Mini, que facilita o teste de uma página, se está de acordo com os padrões HTML e CSS recomendados (realiza o teste do site da W3C em um clique).

Mas existem muitas outras extensões. Para buscar mais componentes, recomendo estes sites:

  • Google Chrome Extensions (“oficial”) – site do Google que serve de repositório de extensões.
  • Chrome Extensions – site mais antigo relativo à extensões para o browser. Visual muito mais agradável e melhor para navegar.

E claro, vou deixar claro aqui: não estou em serviço do Google fazendo propaganda do navegador. Só gostaria de falar a respeito desse recurso por ser ainda muito pouco conhecido do grande público em geral. Espero que tenham gostado da postagem. 😉

* Nota: o Google acabou de liberar a versão final/estável do Chrome 4 dia 25/01/2009 para Windows. Segue o link para o download.

Be Sociable, Share!

2 pensamentos em “Google Chrome com extensões”

  1. Bacana! estou usando a versão 4beta no Ubuntu, mas ainda não testei, e não ia… mas fiquei curioso com o firebug no Chrome e depois desse de ler este post vou até atualizar o Chrome no Windows pra testar. É que quando lançou as extensões para o Google Chrome não havia tantas opções ;D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.